COMO RETER O CONHECIMENTO OBTIDO EM CAPACITAÇÕES?

Entenda como funciona a retenção de informações e como ampliar a capacidade de memória da sua equipe.

Não é de hoje que a ciência se preocupa com a nossa capacidade de reter informações. Em 1885, o psicólogo Hermann Ebbinghaus lançou o estudo da Curva do Esquecimento, que demonstrava como o cérebro perdia gradualmente informações aprendidas com o tempo, chegando a um armazenamento de apenas 20% após um mês de exposição ao conteúdo.

E se há mais de um século isso já era um problema, com o atual bombardeamento de informações que recebemos, a missão de reter informações fica ainda mais difícil. Por isso, na hora de criar treinamentos e capacitações para equipes, é preciso levar em conta muito mais do que o conteúdo, mas também a sua estratégia para a fixação dele.
Quer entender mais sobre como reter informações por mais tempo? Continue a leitura!

O QUE É A CURVA DE ESQUECIMENTO?

O conceito foi criado por Hermann Ebbinghaus, pioneiro no estudo da memória, para explicar a capacidade de retenção de memória do cérebro humano. Os resultados do estudo comprovaram que as pessoas tendem a esquecer o conteúdo aprendido, assimilando apenas uma pequena porcentagem do que foi visto depois de certo período.

Segundo Hermann, no momento em que aprendemos uma informação nova, a capacidade de retenção do nosso cérebro é de 100%. Após um dia, essa retenção cai para apenas 33%, chegando aos míseros 20% após um mês de contato com o conteúdo.

Isso acontece porque o nosso cérebro descarta informações não visitadas para evitar sobrecarregar a nossa memória. Dessa forma, quanto menos um conteúdo for revisitado ou se mostrar útil, menos da capacidade da memória será gasto para armazená-lo.

COMO MELHORAR A FIXAÇÃO DE CONTEÚDO EM TREINAMENTOS E CAPACITAÇÕES?

Como você já deve ter imaginado, a Curva de Esquecimento pode ser um problema quando você investe em capacitações e treinamentos corporativos para sua equipe. Mas há algumas estratégias em e-learning que podem ser utilizadas para contornar o problema e garantir uma maior fixação do conteúdo por parte deles. Confira:

# EDUCAÇÃO CONTINUADA

É importante entender que nenhum treinamento ou capacitação terá efeito se for feito apenas uma vez, com uma simples exposição de conteúdo e sem planejamento de sustentação do aprendizado. Para que haja uma boa fixação, é preciso pensar em cursos e aprendizados a longo prazo para a sua equipe evoluir da melhor forma.

# TESTES E AVALIAÇÕES

A melhor maneira de se certificar que o conteúdo recém visto foi assimilado por inteiro é realizar testes e avaliar a performance dos funcionários. Dessa forma, é possível verificar quais pontos precisam de mais atenção, o que foi de fácil entendimento e como auxiliar cada colaborador a compreender o conteúdo por inteiro.

# DISPONIBILIZAÇÃO DE CONTEÚDO

Uma das melhores maneiras de driblar a Curva do Esquecimento é a constante revisita ao conteúdo aprendido. Por isso, disponibilizar vídeos, artigos, aulas e exercícios para acesso sem limite da equipe é uma ótima maneira de estimular a autonomia e a retenção de informações.

# PÍLULAS DE CONHECIMENTO

As pílulas de conhecimento são um formato educativo que divide um conteúdo denso em pequenas porções, normalmente em vídeo, para estender o período de contato com a informação e não sobrecarregar o profissional de uma vez só. Dessa forma, você garante uma melhor fixação do que foi visto na capacitação ou treinamento.

# DIFERENTES FORMATOS

É sabido que diferentes formatos de conteúdo criam uma experiência marcante na hora de aprender. Jogos, vídeos, projetos ou discussões, vale de tudo para explorar o conteúdo da forma mais interessante possível e criar uma memória mais vívida das informações.

# APRENDIZAGEM ATIVA

Assim como os testes, a possibilidade de colocar em prática e experimentar os novos conhecimento no dia a dia de trabalho auxilia o profissional a manter as informações por mais tempo. Construa cronogramas de aprendizagem que misturem conteúdo e prática, proporcionando as condições ideais para a melhor fixação da sua equipe.

PLATAFORMAS DE CONHECIMENTO

A maioria dessas estratégias são direcionadas ao e-learning, uma ferramenta de aprendizado que utiliza plataformas de conhecimento como a StarLearning e que faz a diferença no sucesso de iniciativas de educação corporativa hoje em dia.

Com a parceria da StarLearning, você garante um ambiente digital de fácil acesso e personalizável, tecnologia mobile first, suporte a diferentes formatos de conteúdo e relatórios atualizados em tempo real sobre performance da sua equipe.

O sistema da StarLearning já é reconhecido como sinônimo de sucesso por parceiros e tem marcado presença em grandes premiações brasileiras. Agora, é a sua vez de comprovar a qualidade do serviço de educação e driblar a Curva de Esquecimento com a nossa parceria.

Clique aqui e marque já uma conversa para saber mais sobre como a educação corporativa pode fazer a diferença na sua empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *